Uma Nova Pedagogia para a Sociedade Futura

BOLETIM INFORMATIVO - outubro 2014

Congresso “Uma Nova Pedagogia para a Sociedade Futura” encerra com grande sucesso A Fundação Antonio Meneghetti realizou, nos dias 17 e 18 de outubro, o evento que contou com 1.139 participantes envolvidos em uma intensa programação de oficinas, apresentações culturais e musicais, palestras e mesas redondas

A educação como base para construir um futuro melhor para o Brasil. Ancorados por essa diretriz foram realizados os importantes diálogos travados no Recanto Maestro ao longo desses dois dias do mês de outubro no inovador Congresso “Uma Nova Pedagogia para a Sociedade Futura”. Com o mesmo tema que o Acad. Prof. Antonio Meneghetti tratou como alvo de sua palestra na sede de Paris da UNESCO, em 2006, o evento retoma uma questão de vanguarda e a desdobra em oficinas práticas, palestras com gente que faz educação e na premiação de seu Concurso Cultural o qual selecionou 21 relatos de experiências com resultados de sucesso realizadas nas diferentes regiões brasileiras. A partir de um local situado no coração do Rio Grande do Sul, por dois dias, o Brasil discutiu temáticas relacionadas ao que de ponta fala-se em educação no momento.

A Fundação Antonio Meneghetti trouxe o aporte da pedagogia ontopsicológica, a qual foi introduzida pela primeira vez para boa parte do público, e que apresenta valores como humanismo, formação para a responsabilidade e auto-conhecimento do estudante e do professor como pontos importantes de desenvolvimento de uma educação em que a meritocracia contribui como fundamento. Os princípios dessa pedagogia foram critérios na escolha dos relatos ganhadores do Concurso Cultural “Uma Nova Pedagogia para a Sociedade Futura”, cujos vencedores foram premiados no segundo dia do Congresso, trazendo para o Recanto Maestro os seus autores que emocionaram-se ao relatar suas práticas de educação para o grande público.

Foram premiadas as categorias Primeiros Anos de Vida, Puberdade, Adolescência e Juventude.Os premiados podem ser conhecidos na lista abaixo dessa reportagem e vieram de diversas cidades brasileiras especialmente para prestigiar a premiação. Agora, seus relatos poderão ser conhecidos por todos por meio de um filme e de uma cartilha que a Associação Brasileira de Ontopsicologia, em parceria com a Fundação Antonio Meneghetti, está produzindo com o apoio da Lei de Incentivo a Cultural pelo Ministério da Cultural.

A Fundação Antonio Meneghetti está ainda criando um repositório on-line de práticas educacionais de sucesso que estará em breve disponível em seu site contendo os 60 finalistas entre os quais foram escolhidos os 21 premiados. Assim, outras pessoas possam acessar e replicar as práticas. Todos os autores dos relatos inscritos no Concurso Cultural receberão, em suas casas, um exemplar do livro “Pedagogia Ontopsicológica”, de Antonio Meneghetti.

Uma programação intensa A programação do Congresso contou com convidados que estão entre as principais entidades e os principais pensadores da área da Pedagogia do pais. A Fundação Lemann apresentou seu trabalho para melhorar a qualidade do aprendizado dos alunos brasileiros e formar uma rede de líderes transformadores nas áreas de inovação, gestão, políticas educacionais e talentos.

No Congresso, ministrou 5 oficinas sendo duas sobre temas relacionados à gestão para a aprendizagem, duas sobre temas relacionados à técnicas didáticas e uma sobre o ensino da Matemática. A Coordenadora de Projetos e Parcerias da Fundação Lemann, Fabiana Prianti, palestrou no auditório principal. A Fundação Gol de Letra apresentou seus programas nas áreas de atividades de expressão oral e escrita, cultural, artísica e corporal além de educação para o trabalho.

Ministrou uma oficina de Thoukball e trouxe o Coordenador do seu Programa Jogo Aberto, Sergio Andrade, para apresentar o trabalho da Gol de Letra. Apresentou-se em palestra o Projeto Guri, por meio de seu Diretor Pedagógico, José Henrique Rosa de Campos, falando do programa educacional musical que forma crianças de 6 a 18 anos de idade em mais de 360 polos no estado de São Paulo para cordas, sopro, teclados, percussão, canto coral e iniciação musical. A Fundação Bradesco – uma das pioneiras em investimento social privado no país – esteve presente por meio da Diretora da Unidade de Rosário do Sul (RS), Prof.a. Eunice Schossler, mostrando uma parte do trabalho das escolas da rede da Fundação Bradesco que chegam a mais de 102 mil jovens brasileiros.

A Escola SESC de Ensino Médio, com sua experiência de vanguarda em educação como escola-residência para 500 jovens cursarem o Ensino Médio localizada no Rio de Janeiro, foi representada pela Gerente da Vida Residencial, Prof.a. Regina Maria Barbosa. O painel sobre o papel das fundações para a educação foi mediado pela presidente da MC Consultoria, Maria Cecília Kother. Os workshops realizados pela Fundação Antonio Meneghetti, sobre Pedagogia Ontopsicológica, pela Antonio Meneghetti Faculdade, sobre o método FOIL, e pela Associação OntoArte, com uma introdução a essa escola artística fecharam - com grande presença do público - a programação de oficinas.

Entre os palestrantes, o Congresso trouxe o Presidente do Conselho Deliberativo da Fundação Antonio Meneghetti, Prof. Dr. Alécio Vidor, filósofo Doutor pela Universidade Católica de São Tomás de Aquino (Itália) que abordou o tema central do evento, tratando do desenvolvimento do ser humano e a possibilidade da realização humana. O Professor Emérito da Universidade de Brasília, Pedro Demo, abordou a aprendizagem como autoria. O Psiquiatra, Psicoterapeuta e Psicodramatista, Dr. Içami Tiba, fez a última palestra do dia aclamada pelos professores presentes. A Prof.a. Dra. Jaqueline Moll, da UFRGS com ampla atuação no MEC, não pode estar presente mas enviou sua saudação.

A Prof. Dra. Liane Hentschke, Vice-Presidente do International Music Council, falou sobre ações realizadas em Porto Alegre de educação musical e a importância dessa para o ser humano. O empresário Lindolfo Martin, presidente da Multicoisas, falou na mesa redonda Educação para o Trabalho, acompanhado do presidente da Calçados Beira Rio e membro do Conselho da Fundação Antonio Meneghetti, Roberto Argenta, do Prof. Dr. Alécio Vidor e do Representante da FOIL/Rússia e Fondazione di Ricerca Scientifica ed Umanistica Antonio Meneghetti/Russia, A. Luft. Essas personalidades foram mediadas pelo vice-presidente do Grupo Meta e membro do Conselho da Fundação Antonio Meneghetti, Claudio Carrara. A Orquestra Juvenil Recanto Maestro interpretou algumas obras de seu repertório em grande estilo para o público presente.

O Congresso “Uma Nova Pedagogia para a Sociedade Futura” foi um momento de formação avançada para estudantes, professores e secretários de Educação de todo o Estado e de diferentes cidades do país. O público, em grande expectativa, saudou calorosamente os palestrantes e convidados, aprendeu muito e aplaudiu de pé em diversos momentos.

Além da programação principal, uma gincana envolveu os estudantes de graduação da Antonio Meneghetti Faculdade desde os dias que antecederam o evento até os dias que o constituíram, lançando tarefas que auxiliaram na organização do mesmo. A turma campeã da Gincana foi o terceiro e quarto semestre de Direito, seguindo do segundo e terceiro semestre de Direito e do segundo semestre de Administração. Como prêmio, os ganhadores contam com um valor em dinheiro para organização de sua formatura. Outro ponto paralelo da programação do Congresso foi a realização de uma exposição “Memorial” que resgatou toda a obra do Acad. Prof. Antonio Meneghetti em relação à pedagogia e as ações mundiais acerca da pedagogia ontopsicológica. A exposição fica montada e aberta ao grande público no hall da AMF até o final deste ano.

Foram patrocinadores do Congresso as entidades e empresas: ABO, Amazonas, AMF, Banrisul, Colorgraf, Colibri Viagens, D’Luna Injetados, Dullius, Foletto Alimentos, Fundação Antonio Meneghetti, Grupo Meta, Lilium Recanto, Metagraf, Prémil, Sicredi, Design Miranda, Nova FM, Bevilaqua Engenharia, Centhury Soluções Gráficas, Efal, Jornal A Tribuna, Rádio e Jornal Integração, Print Point e Rizzatti.

Foram apoiadores as entidades AIESEC, Associação de Moradores Recanto Maestro, Associação OntoArte, revista Performance Líder, Ontopsicológica Editora Universitária, UNDIME/RS, Universidade Estatal de São Petersburgo. O evento apoiou os movimentos Pacto Global, a Rede Brasileira do Pacto Global, o Impacto Acadêmico da ONU e a Década da UNESCO de Educação para o Desenvolvimento Sustentável.

A segunda edição do Congresso já está prevista para outubro de 2015. Até lá, será lançada a Cartilha que reunirá os projetos vencedores do Concurso Cultural, bem como o filme documentário media metragem que está sendo produzido com o mesmo tema.

Acompanhe todas as iniciativas da Fundação Antonio Meneghetti voltadas para educação pelo site: www.fundacaoam.org.br 

Os vencedores do Concurso Cultural

Os 21 premiados foram escolhidos entre 60 finalistas, os quais foram selecionados entre 153 relatos recebidos de todo o Brasil. Entre os vencedores, estão professores de escolas públicas e particulares e de cursos de extensão e universidades, profissionais liberais, fundações, escolas e entes públicos.

A Comissão Julgadora foi constituída por 28 jurados, entre acadêmicos de diferentes instituições de ensino superior, profissionais liberais e empresários. Fazendo uso de suas prerrogativas, a Comissão Julgadora decidiu por dividir o prêmio para mais de um relato em algumas posições de algumas das categorias (Primeiros Anos de Vida, Puberdade, Adolescência e Juventude).

Tendo em vista o grande número de relatos de alta qualidade recebidos, foram lançados também prêmios destaque, que não incluem o valor em dinheiro, mas contam com a homenagem e o certificado. Nas quatro categorias, os premiados em primeiro lugar receberam R$ 10 mil, os premiados em segundo lugar receberam R$ 5 mil e, em terceiro lugar, R$ 3 mil. Os relatos estarão disponí- veis em breve no site da Fundação Antonio Meneghetti: www.fundacaoam.org.br

Categoria Puberdade
1°) Prof.a. Flávia Burdzinski de Souza – “Poema na Sala de Aula: Reflexões e Experiências” - Faxinal do Soturno (RS)
2°) Escola Estadual de Educação Básica João XXIII – “Projeto Viagem de Barco: uma experiência pedagógica com crianças do 1º ano do ensino fundamental” - Santo Ângelo (RS)
3°) Prof.a. Lisandra Locatelli Pereira – “Educando com horta, jardim e gastronomia” - São João do Polêsine (RS)  
3°) Prof.a. Adélia Maia Sampaio – “Um convite a Leitura” - Amargosa (BA)

Destaque - Prof. Misael Assmann - “Compondo e (En)cantando a Vida” - São Sepé (RS)

Categoria Adolescência
1º) Prof.a. Maribel da Costa Dal Bem – “Reciclagem e Leitura” - Santa Maria (RS)
2°) Prof. Eduardo João Mouro – “As eleições municipais nos corredores da escola” - Concórdia (SC)
3°) Prof.a. Rosmeri Ceconi – “Narrativa Digital: O desafio de trabalhar com cinema em sala de aula” - Dois Irmãos (RS)

Destaque - Fundação Romi – “Uma escola feliz: vivendo uma experiência educativa cativante” - Santa Bárbara d’Oeste (SP)

Categoria Juventude
1º) Djovani Pozzobon (estudante de ensino superior) – “A educação como critério ético do
ser humano: Pedagogia Ontopsicológica na Formação Profissional do Jovem” - São João do Polêsine (RS)
2°) André Donadio (profissional liberal) – “O trabalho como meio de formação pedagógica” - São Paulo (SP)
3°) Prof.a. Luciana dos Santos – “Jovens em Ação: formação continuada para responsabilização e autonomia” - Curitiba (PR) 

Destaques
- Norton Soares da Rosa (estudante de ensino superior) – “Experiência pedagógica: 1º Fórum sobre Deveres Humanos” - Restinga Sêca (RS)
- Prof.a. Ivanir Clementina Dalla Rosa – “A incansável luta pela igualdade nas diferenças”
- Linha Campo Alegre (RS)

 

Congresso - Confira os trabalhos premiados no II Congresso Internacional “Uma Nova Pedagogia para a Sociedade Futura”